Inteligência Emocional- As emoções são contagiosas!

No que toca aos negócios, até 90% das competências profissionais que determinam melhores resultados estão relacionadas com a inteligência emocional. Os líderes e managers que têm um Quociente Emocional (QE) mais alto, tomam melhores decisões, são capazes de aumentar os níveis de compromisso e foco dos funcionários com a estratégia, e influenciam a produtividade nas vendas melhorando o atendimento ao cliente entre outros aspectos.
Ter um QE alto é muito mais que ser agradável, simpático e amável, pois implica compreender, gerir, expressar e contagiar emoções. O processo de comunicação é muito mais complexo do que fazer uma simples comunicação, sendo que a maioria da comunicação entre indivíduos é não-verbal, e não estamos a falar apenas dos gestos, mas também e principalmente do tipo de discurso, do tom, das expressões faciais e até os movimentos oculares.
Uma pessoa com poucos recursos ao nível da Inteligência Emocional terá dificuldades em avaliar se a sua mensagem passou claramente e com sucesso perante um funcionário que diz sempre que sim, independentemente de ter percebido ou não, ou até captar o tom sarcástico que poderá dissimular na sua resposta. A principal arma do QE é a capacidade de adaptar a sua comunicação tendo como base o receptor e de fazer as perguntas certas no follow up para manter os funcionários motivados e clientes satisfeitos.
No que toca ao gestor de uma equipa, este é, efectivamente, uma parte importante da mesma, e não um organismo separado, pois as relações fortes, positivas e de confiança entre todos são uma parte importante do sucesso desta onde toda a gente se deve sentir importante e valorizada e não apenas uma parte de uma linha de montagem.

Para além de sermos individualmente complexos, essa complexidade maximiza-se quando estamos em grupo, adquirindo estados de humor e necessidades colectivas, sendo necessário e fundamental gerir bem as emoções. A colaboração de um psicólogo ou um coach com o manager ou no trabalho com a equipa tem um impacto muito positivo no clima organizacional, pois as emoções são ainda mais poderosas e contagiosas, e a correcta percepção e gestão destas é capaz de influenciar correctamente os mais diversos perfis que encontramos numa equipa, usando essas diferenças para potenciar o seu todo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Work Smarter, not Harder

Super Empreendedores

Depressão Pós-Moderna